Resenha – Vale À Pena Comprar um Kindle?

Resenha - Vale À Pena Comprar um Kindle?

Há pouco tempo decidi comprar um Kindle e como tive muitas dúvidas antes da compra e não tive ninguém para perguntar, a não ser o Google, resolvi contar para vocês como está sendo minha experiência até agora com este e-reader

O Que É Kindle?

Um e-reader, ou seja, um leitor de livro digital. 

No meu caso comprei o modelo mais básico de todos, o chamado Kindle 8a. geração. Ele custa por volta de R$300,00 mas a Amazon, a fabricante do produto, tem feito muitas promoções ultimamente baixando o Kindle para R$220,00 (e eu ainda levei frete grátis). A entrega é super ágil e o produto já vem configurado com a minha conta, que eu já tinha por usar o app do Kindle no meu celular e que o sistema identificou no momento da compra. Achei essa personalização bem legal!

Resenha - Vale À Pena Comprar um Kindle?

Como Funciona?

Aparelho com acesso Wi-Fi à internet (apenas wi-fi) e seu grande trunfo: tela sensível ao toque que parece papel, sem reflexo, mesmo sob a luz do sol. Neste modelo não há iluminação na tela, então se você pretende ler em ambientes escuros, seu modelo é o Kindle Paperwhite, que custa por volta de R$480,00, mas que também tem entrado em promoção frequentemente, é só ficar de olho no site da Amazon.

Ele é pequeno e levíssimo, super fácil de segurar com uma mão só e não cansa mesmo que você fique lendo por um longo período. A tela, por parecer papel, não cansa a vista. Para passar para a próxima página é só tocar na tela à direita e para voltar, tocar à esquerda.

O Kindle marca a página em que você está para a retomada da leitura. Ele calcula sua velocidade de leitura e te mostra uma estimativa de quanto tempo você levará para terminar um capítulo ou o livro todo.

É possível tomar notas em qualquer passagem do livro, fazer marcações no texto (como se estivesse grifando), consultar uma palavra no dicionário, traduzir palavras ou frases, construir vocabulário – ele te mostra as palavras daquele livro que está lendo e que buscou no dicionário e faz uma lista com elas, inclusive te mostrando em que ponto do texto elas foram usadas.

Visualize outras páginas do mesmo livro que estiver lendo, sem perder a marcação de onde está, altere fonte, espaçamento entre linhas e aumente o tamanho da letra (bold).

Resenha - Vale À Pena Comprar um Kindle?

Por Quê Eu Resolvi Comprar Um Kindle Agora?

Porque voltei a estudar e para o vestibular preciso ler algumas obras obrigatórias. Procurando em casa encontrei apenas dois títulos então a maioria tive que comprar e os preços dos livros impressos são altos.

Para economizar o que eu fiz, inicialmente, foi baixar o app do Kindle para o meu celular e ler por lá mas não é nem um pouco confortável, sem falar nas notificações que o celular fica dando durante minha leitura, o que me atrapalha bastante. A leitura fica cansativa e bem distraída, então não gostei muito. E na verdade, este é o mesmo problema, para mim, em usar o tablet para leitura. É prático, eu já tenho um, mas não é a mesma coisa que um e-reader. Tem notificação de Instragram, de WhatsApp, Facebook, E-Mail, é simplesmente impossível se concentrar no livro.

Este e-reader é pensado apenas para leitura. Só há acesso, no caso do meu modelo, ao site da Amazon, para compra de e-books e mais nada que me tire a atenção da leitura.

Sua bateria dura dias e ele é bem prático de ser carregado na bolsa ou mochila porque é bem leve e pequeno. Ler no metrô com ele é ótimo.

Custo-Benefício e Pontos Negativos:

Para se ter uma ideia, nesta minha jornada de ler clássicos da leitura (chatíssimos) paguei alguns e-books coisa de centavos, sim, centavos! Houve livro que saiu por R$0,81. Outros foram um pouco mais caros, mesmo assim, nada que chegasse ao valor do livro físico que me custou por volta de R$30,00 – 40,00 cada um, quando eu não consegui um e-book de certos títulos.

Outro ponto a ser analisado é a questão de espaço, não tenho mais espaço para guardar tantos livros. Em minha última mudança de casa me desfiz de muitos livros por conta deste problema. Eles ocupam muito espaço, sujam demais, são caros e pesados.

É claro que um Kindle não se compara a um livro físico, falta a capa bonita, o cheiro do papel etc mas não é nem um pouco prático. Acho que livros impressos hoje só funcionam para títulos de design, arte, ou aquele um que você morre de amores por muitas razões emocionais.

Um ponto negativo forte – há, ainda, muitos títulos que não estão disponíveis em e-book, o que é bem irritante quando você vai na loja Kindle crente que fará na hora o download do livro que procura e ele não está lá. Porém, nem tudo é perfeito.

Outro ponto negativo, não vem com carregador de tomada, caso queira um é necessário comprar separadamente.

Resenha - Vale À Pena Comprar um Kindle?

O Que Eu Achei?

Prático, moderno, leve, fácil de ser usado e transportado, de custo relativamente baixo. Enfim, recomendo bastante para quem gosta muito de ler e se cansou dos valores abusivos dos livros tradicionais.   

Onde Comprar:
amazon.com.br   

Para mais conteúdo me sigam também nas redes sociais:
Barbara Duarte — Facebook — Instagram — Pinterest
Bazar Pop — Facebook  — Twitter

8 Comments

Add Yours
  1. 1
    Sheila

    Eu tenho um kobo faz quatro anos, passei a ler muito mais com ele, levo pra todo lugar. Optei pelo kobo por ter como colocar cartão de memória e também por ler livros em .doc, pdf e epub, não sei e o kindle oferece essa facilidade, mas acho a compra de um e-reader (qualquer marca) uma ótima aquisição. Aproveite bem e bons estudos! Ah…adoro seu nome, minha filhinha também se chama Barbara. 🙂

    • 2
      Barbara Duarte

      Olá Sheila,

      o Kindle tem a possibilidade de baixar outros arquivos mas vou ser honesta que não sei como fazer isso ainda, até porque como estou na reta final dos estudos não estou com muito tempo de ler outras obras que não sejam as de vestibular e para isso já consegui todos os títulos!
      Sobre cartão de memória este modelo do meu Kindle não possui esta possibilidade.
      Concordo plenamente com você sobre a aquisição de qualquer e-reader, tudo que nos leve a ler mais é positivo.
      Obrigada pelo incentivo aos estudos e ao elogio ao nome, eu também gosto muito dele 😉

      Bjs

    • 3
      Rodrigo Monteiro

      Oi, Sheila e Bárbara. Sim, o Kindle permite ler arquivos PDF, MOBI e TXT por padrão. Arquivos .DOC é por conversão. Algumas dicas: https://gizmodo.uol.com.br/duvidas-sobre-ebooks-kindle-e-amazon-nos-respondemos/.

      Quando eu comprei o meu Kindle (há ~10 anos) criei um e-mail “@kindle.com”. Com isso dá para mandar arquivos anexos por e-mail e o Kindle recebe automaticamente.

      Outra coisa legal são as Amostras. Encontrando um livro na Amazon, dá para baixar 10% dele e, caso o livro seja realmente bom, você pode compra.

      • 4
        Barbara Duarte

        Olá Rodrigo,

        obrigada pelas suas dicas. Não sabia que a ideia do e-mail Kindle era esta, eu tenho uma conta Kindle mas nem sabia para quê usar!

        Quanto às Amostras já venho usando há um tempo e acho esta ideia genial, aliás estou lendo uma agora mesmo.

        Bjs

  2. 7
    Rodrigo Monteiro

    Apesar dos meus erros de português na resposta do post anterior (rs…), gostaria de complementar que aumentei muito minha experiência de leitura depois do Kindle. Uso muito as amostras e definitivamente a leitura tornou-se um hábito. Sempre estou lendo algo. Acabando um livro, já estou vendo outro na sequência. Pelo tamanho, dá para levá-lo em qualquer lugar atrapalhar. Uso muito também a sincronização de páginas. Assim, se estou em algum lugar sem ele, consigo ler no celular também (e fazer isso em alguma fila nossa do dia-a-dia é muito mais útil do que abrir uma rede social, como eu costumava fazer). Uma dica que deixo é: comprar a versão que já tem iluminação na tela. Meu arrependimento foi ter comprado a versão mais simples, mas como eu gosto de ler antes de dormir, tive que comprar uma pequena luminária adaptável para o Kindle para não ficar com a luz do quarto acesa.

    • 8
      Barbara Duarte

      Ah sim Rodrigo, a versão com iluminação deve ser bem legal. Eu, como ainda não sabia se iria gostar do produto ou não, achei por bem não investir logo de cara, mas acho que para quem acaba gostando do Kindle comprar a versão com iluminação se torna o próximo passo.

      Eu vinha sentindo falta de ler mais, mas livros impressos têm se tornado um peso, literalmente, no bolso e na bolsa. Carregá-los é ruim e os valores estão muito altos. Com o Kindle já vi vários títulos que me interessaram e que estão na lista das próximas leituras pós vestibulares e o melhor, por preços que ficam na casa de apenas R$15,00!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.