Testando Tratamento L’Oréal Professionnel Pro Fiber

Testando Tratamento L'Oréal Professionnel Pro Fiber

Há alguns meses a L’Oréal Professionnel lançou Pro Fiber, o primeiro tratamento de reparação para os cabelos de longa duração, resultado de uma combinação de ativos que penetram no fio e fixam os ingredientes.

Este sempre foi um dos maiores desejos das mulheres, afinal tratar os cabelos e saber que o efeito daqueles produtos vai realmente ficar nos fios é muito bom. Isso é possível graças ao complexo molecular APTYL 100. Normalmente o que acontece é que o tratamento feito no salão acaba indo literalmente ralo abaixo quando lavamos o cabelo em casa. Com esta nova tecnologia as moléculas de tratamento ficam ancoradas na fibra do cabelo e assim podem ser reativadas a cada quatro lavagens com o shampoo de uma das quatro linhas de Pro Fiber, prolongando o tratamento em até 6 semanas. 

Testando Tratamento L'Oréal Professionnel Pro Fiber

Essa fixação acontece graças a 2 moléculas:

  • Aminosilane – é um composto de silício, capaz não só de reconstruir o córtex em profundidade como também reforçar a estrutura do cabelo.
  • Polímero catiônico – atua como revestimento cobrindo a superfície capilar com uma película protetora deixando o cabelo suave e sedoso.

Assim a fibra fica nova da raiz às pontas como se nunca tivesse sido danificada. Combinando aminosilane + o polímero catiônico L’Oréal Professionnel conseguiu abrir caminho a esta nova geração de tratamentos duradouros que podem ser reativados em casa com shampoo e ampolas.  

Testando Tratamento L'Oréal Professionnel Pro Fiber

De acordo com pesquisas da marca são 3 as fases de danos do cabelo:

  • Fase 1 – apenas a cutícula é afetada
  • Fase 2 – cutícula e córtex são afetados
  • Fase 3 – cutícula e córtex são muito afetados

Desta forma, são 3 gamas de Pro Fiber específica para cada fase:

  • Rectify – cabelos levemente danificados (a que foi detectada como sendo a ideal para o meu cabelo)
  • Restore – cabelos danificados
  • Reconstruct – cabelos muito danificados

Como é o tratamento:

tudo começa no salão, onde o profissional vai fazer o diagnóstico do cabelo para saber qual o melhor dos três tratamentos. Então o cabelo é lavado já com o shampoo que depois será o tipo a ser usado em casa, daí é executada uma técnica de aplicação em camadas em que se passa um concentrado no comprimento de acordo com o nível de danos do cabelo da cliente, sem enxaguar se aplica a máscara Regenerate (disponível apenas para uso profissional), diretamente sobre o concentrado. Pausa de 5 minutos, enxagua e completa o tratamento com o leave-in específico e então pode-se secar o cabelo. Tudo é bem rápido.

Testando Tratamento L'Oréal Professionnel Pro Fiber

Após o tratamento no salão, em casa eu tenho usado: Shampoo Rectify (R$97,00) + Máscara (R$168,00 que uso como condicionador, embora exista o condicionador para quem prefere este produto ou tem necessidade de usar o condicionador). De quatro em quatro lavagens uso uma parte de uma das ampolas que vêm na caixa com 6 (R$210,00 a caixa). Chamadas Monodose, para mim, elas rendem mais que uma única vez, mesmo eu sendo generosa na porção que passo no cabelo e meu cabelo sendo longo. Elas prolongam o resultado do salão e são muito, mas muito perfumadas.  

Testando Tratamento L'Oréal Professionnel Pro Fiber

No dia em que fui experimentar o tratamento no salão (no Studio W, do Shopping JK Iguatemi – valor sugerido de R$250,00) saí de lá com o cabelo tão macio e perfumado que realmente deu para  notar que não se trata de apenas mais um tratamento de hidratação e sim de algo que vai um passo além. Usar os produtos em casa depois é muito gostoso, as texturas do shampoo (muito leve), da máscara e das ampolas que possuem perfumes diferentes, mas incrivelmente perfumados, é muito bom, sem contar que meu cabelo melhorou bastante depois. Sinto uma boa diferença em termos de toque, brilho, textura, maleabilidade e força. É um tratamento excelente, que é caro mas que vale bastante à pena.  

Me sigam também nas redes sociais:
Barbara Duarte — Facebook — Twitter
Bazar Pop — Facebook — Instagram — Twitter — Snapchat: bazarpop

Deixe uma resposta