A História do Sapato – Escrita Por Salvatore Ferragamo

salvatore_ferragamo_stilletos

Você sabe de onde vem a sua paixão por sapatos? Onde e como ela começou?

A verdade é que como quase tudo na moda, as mudanças de uma época em que sapatos tinham pouco estilo, cores sem graça e quase nem apareciam sob as longas saias, aconteceram por conta das limitações impostas pela Guerra (no caso, a 1a Grande Guerra) pois enquanto as mulheres precisavam ir às fábricas e arregaçar as mangas para cumprir tarefas antes destinadas aos homens, as saias subiram (tanto para ser mais práticas, quanto pela falta de tecido mesmo) e os sapatos passaram a aparecer mais. Já no pós-guerra, a ascensão do cinema mostrava a “última moda” em telas grandes pelo mundo afora, incluindo sapatos incríveis, incentivando seu consumo.

propaganda_antiga_calcados

Anúncio antigo de sapatos

E é aí que entra o italiano Salvatore Ferragamo e sua paixão por sapatos. Desde muito novo, por volta dos 11 anos, o sapateiro (até então considerada uma profissão rasa, não indicada para pessoas de classes mais abastadas como ele) produzira com intensa paixão pares e mais pares de sapatos artesanalmente em sua terra natal, a Itália.

salvatore_ferragamo_sophia_loren

Salvatore Ferragamo e Sophia Loren

Mas foi após sua mudança para os EUA e com sua recusa em trabalhar em fábricas de sapatos e suas linhas de produção que até formavam pares bem feitos mas sem nenhuma arte, que o designer e expert em sapatos se tornou o estilista de Hollywood, abrindo a Hollywood Boot Shop, em 1923, criando não só para produções cinematográficas como o famoso Os Dez Mandamentos, como também para jovens artistas, que adoravam o sapateiro e seus modelos exclusivos. Entre suas clientes estreladas estavam Audrey Hepburn, Sophia Loren, Greta Garbo e Marilyn Monroe.

Ele era tão apaixonado por sua arte que até estudou Anatomia, em Santa Barbara, para entender melhor a arte de fazer sapatos para deixá-los mais confortáveis nos pés.

salvatore_ferragamo

Salvatore Ferragamo foi influenciado pelo glamour de Hollywood e foi por causa deste glamour que suas criações tomaram grandes proporções. Ter trabalhado lado a lado a figurinistas de cinema também engrandeceu sua arte.

Entre os famosos modelos do “Shoemaker of Dreams”, como era chamado,  estão o sapato plataforma, considerado o sapato mais confortável por quem o calçava, as famosas Invisible Sandals que consistiam em tiras transparentes de nylon e o super atual Stilleto.

salvatore_ferragamo_invisible_sandals

A famosa Invisible Sandal

E foi assim, eternizado pelo cinema e por suas estrelas, que Salvatore Ferragamo revolucionou a forma como se pensavam e faziam sapatos. Morto em 1960, sua grife permanece austera e elegante até os dias atuais, agora engrandecida por coleções Ready to Wear, perfumes, óculos, bolsas e acessórios.

salvatore_ferragamo_gisele_bundchen

Campanha estrelada pela top Gisele Bündchen

Da próxima vez que você tiver vontade de comprar mais um par de sapatos para sua coleção, pense em todo o trabalho de Salvatore e como somos sortudas em tê-lo tido como precursor da mania que se tornariam.

Para conhecer mais:
ferragamo.com

Deixe uma resposta