Review Base Le Teint Touche Éclat de Yves Saint Laurent

No final do ano passado chegou ao mercado americano a luxuosa base de Yves Saint Laurent Le Teint Touche Éclat. Na época, junto a uma outra base de uma marca de maquiagem que também adoro, este foi um dos lançamentos que mais me chamou atenção e que fiquei morrendo de vontade de testar.

O grande trunfo desta base é a “luminosidade mágica” para todo o rosto que ela promete. E era justamente isso que eu queria saber se era real. Já uso o Touche Éclat há muito tempo e é, de longe, meu corretivo iluminador preferido (aqui tem review sobre ele), mas e uma base que proporcionasse toda aquela luz sofisticada que o Touche Éclat traz para o rosto, não seria mesmo o máximo?

Pois bem, ontem matei minha curisidade e agora posso contar para vocês se o investimento nesta base incrível vale à pena. Pois bem, pelo “incrível”, que acabei de usar acho que dá para ter uma ideia que a base é realmente o máximo.

Sua fórmula é bem leve e por isso ela é ótima para construir camadas, embora com apenas uma a cobertura já seja média, o que na minha opinião já está perfeito para o dia a dia, afinal, imperfeições mais insistentes são possíveis de encobrir com corretivo. Não sou fã de base pesada no rosto, acho que a aparência fica ruim e todo mundo percebe, a quilômetros, que você passou muita base.

A marca descreve a Le Teint Touche Éclat como “uma fórmula única e luxuosa, que atinge as áreas de sombra e realça os contornos. Sua textura é leve como o ar. Sua fórmula, livre de partículas opacas, iguala a tez, encobre imperfeições e realça a beleza natural da pele” e é exatamente tudo isso que ela faz. Assim que você começa a passar já percebe a luminosidade da pele, que fica linda. Sabe a tal cara de rica que dizem, é este o resultado de Le Teint Touche Éclat.

Na foto abaixo repare na luminosidade da minha pele na testa, maçãs do roto e queixo. Amei!

As fórmulas clássicas das bases contêm quantidades variáveis de pigmentos opacos, que resultam em um efeito “mascarado”, que deixam a pele, especialmente as mais escuras, com aspecto acinzentado e amorfo. A nova base resolve este dilema, através da substituição do pó por um soft focus gel. Sua textura difusa e translúcida suaviza imperfeições sem mascarar a pele, assegurando a pureza da cor natural. Esconde imperfeições, sem deixar a pele com aspecto artificial. O brilho é difuso e a luz uniforme. A cor natural da pele interage com os elementos da base e revelam um brilho de aspecto natural e sofisticado.

Lá fora são 22 tonalidades de Le Teint Touche Éclat e aqui no Brasil chegam 10 cores, com fundos diferentes de tons. A minha, por exemplo, é um Bege Rosado, o que achei bem interessante, afinal são raras as marcas que se preocupam tanto com tons diferentes para todas as cores de pele. Há opções também para negras e asiáticas, mas nada de comprar esta base sem antes testar e testar no rosto, pois no dorso da mão você não consegue o mesmo tom que tem na pele do rosto. Seu perfume é bom demais, como já é comum nos produtos de Yves Saint Laurent.

Se sua pele for muito oleosa e você quiser usar esta base, anote as dicas: use um primer antes, passe uma única camada da base, evite usá-la em dias muito quentes e use um pó translúcido bem fininho por cima para criar um filme que matifique bem.

Preço: R$254,00. Contém FPS 19.

Onde Comprar:
por enquanto apenas na Sephora, mas a partir de agosto em outras perfumarias também. SAC: 0800.727.5626.

Fotos: Sandra Lolis

1 Comment

Add Yours

Deixe uma resposta